Empreendimento da Mendes Sibara é o primeiro prédio do Estado com Galeria Internacional de Artes

O Marina Beach Towers dispensa apresentações. O acesso facilitado por terra, água e ar tornou o empreendimento um dos mais cobiçados e sofisticados da região. No projeto, duas torres. A primeira, Atlantic já foi entregue e a segunda, Pacific será concluída em 2018. O empreendimento é o único na América Latina com marina exclusiva para os moradores e único empreendimento residencial em Balneário Camboriú com heliponto homologado pela ANAC.

Projetado para despertar os sentidos, o Marina Beach Towers proporciona um bem-estar único e uma vista deslumbrante da região. As torres do Atlantic e do Pacific tem 35 andares, estrategicamente posicionados na Barra Sul, com uma face para o rio, ponto de partida para as práticas náuticas, e a outra para o mar, ícone do Litoral. A localização escolhida coloca o empreendimento a um passo da Praia Central e também da BR-101, rodovia que dá acesso a outras praias catarinenses e a outros estados do Sul.

Além destes diferenciais, que já colocam o Marina Beach Towers como ícone da construção civil em Santa Catarina, a Mendes Sibara inova mais uma vez e traz para o Hall de Entrada do empreendimento, uma Galeria de Artes fixa. A Galeria Helena Neckel é especializada em obras de arte contemporânea, essencialmente abstrações e geometrias e no espaço montado no Marina Beach Towers há obras e esculturas de vários artistas nacionais e internacionais, com destaque para as obras do carioca Eduardo Sued e as réplicas do argentino Luiz Tomazello.

As obras escolhidas para compor a Galeria no Marina, tiveram a curadoria da própria galerista Helena. O critério para escolha das obras foi estético, já que ali existe uma predominância do branco. “A intenção foi criar sensações no espectador em cada obra que ele encontre”, observa Helena.

Segundo as galerista, o intuito é apresentar uma mostra de como são as Galerias de Helena Neckel. “Na verdade, o que temos no Marina não é uma exposição específica e sim uma Galeria de Arte nos moldes Nova-iorquinos do Chelsea, que também são a própria identidade das nossas galerias”, explica Helena.

Para a Diretora da Mendes Sibara, Nathalia Mendes Schaadt, mais do que satisfazer o cliente de forma individual, a construtora procura desempenhar um papel de transformadores da sociedade, primando pela ética na construção civil. “Ao projetar empreendimentos que visem ao bem-estar comum, estamos fazendo do nosso cliente um agente no processo de desenvolvimento”, assegura Nathalia.


Share This